webJudaica.Com.Br
Seu portal Judaico na Internet
22/Sep/2017
Tishrei 2, 5778

Sign in with Facebook

Festas Judaicas (Chaguim)

Iom Ierushalaim

Seis Razões Pelas Quais o Muro é Sagrado

1. Local do Templo Sagrado

O Muro das Lamentações é o único resquício do Templo Sagrado em Jerusalém, que foi destruído por Tito no ano 68 e.c. O Templo, centro do mundo espiritual era o principal meio de transmissão da divindade para nosso mundo.

O Monte do Templo é também chamado de Monte Moriá. É o local onde Avraham sacrificara seu filho Yitzchak, e onde Yaacov sonhou com a escada que subia ao céu.

2. Lembrança Permanente da Existência de D'us

Nossos sábios profetizaram que após a destruição do Templo a presença divina nunca deixaria o Muro das Lamentações (Ocidental). Ele está repleto de santidade eterna. Por esta razão ele nunca será destruído.

O muro simboliza o Povo Judeu, que também sofreu vários esforços para ser destruído, e, assim como o Muro sobreviveu e manteve-se além de seus inimigos, e continua forte. Quando D'us fez sua aliança com Avraham, disse que esta seria eterna, assegurando a existência eterna do Povo Judeu.

3. Local de Lágrimas e Peregrinação

Durante os tempos do Templo, os Judeus de toda Israel peregrinavam ao Templo três vezes ao ano. Durante os 1900 anos de exílio os Judeus sempre viajaram para Jerusalém para terem a oportunidade de rezar no Muro, orando pela redenção.

De 1948 a 1967, durante a ocupação árabe de Jerusalém, os Judeus foram proibidos de acessar o local do Muro. Com a libertação de Jerusalém, em 1967, o local ficou aberto para que o Povo Judeu pudesse orar em seu local mais sagrado.

4. Foco das Orações

Três vezes ao dia, por milhares de anos, as rezas judaicas sempre foram feitas em direção ao Muro em Jerusalém. Como dizia o Rabino Yehudá HaLevi, "Estou no ocidente, mas meu coração esta no Oriente (Jerusalém)."

Nossa tradição mística diz que todas nossas rezas vão para o local do Templo, e de lá, ascendem para o céu. O Talmud diz que se alguém está rezando fora da Terra de Israel, seu coração deve estar dirigido para Jerusalém. Como diz a Bíblia: "E eles rezarão para Ti através da terra que Tu lhes deste, através da terra que Tu destes a seus antepassados, a cidade que Tu escolheste, na casa que construi em Seu nome." (Reis I 8:48).

5. Construído com Amor e Dedicação

Quando o Templo estava sendo construído, o trabalho foi dividido entre os vários setores da população. A construção do Muro das Lamentações (Ocidental) ficou a cargo dos mais pobres, e eles trabalharam duro para construí-lo, pois não podiam contratar trabalhadores para construir por eles.

Quando o inimigo destruiu o Templo, anjos desceram do céu e protegeram o Muro construído pelos mais pobres, que não deveria nunca ser destruído.

6. Local de Heroísmo Judaico

Quando o Primeiro e o Segundo Templos foram destruídos, e durante a Revolta de Bar Cochvá, heróis de Israel lutaram como bravos leões para defender cada pedra do Templo. Eles serviram como exemplo de coragem para o Povo Judeu. Como eles, os soldados israelenses, em 1967, lutaram arduamente para libertar o Muro das Lamentações (Ocidental) e o Monte do Templo e reconquistá-los para a soberania israelense.

Fonte: TheWall.Org