webJudaica.Com.Br
Seu portal Judaico na Internet
25/Sep/2017
Tishrei 5, 5778

Sign in with Facebook

Festas Judaicas (Chaguim)

Pessach

Guia de Pessach

Halachot - Kasherização dos Utensílios

1) Todos os utensílios de cozinha, como: garfos, facas, copos, panelas e etc. que são usados durante o ano só poderão ser usados em Pessach após prévia Kasherização. Sobre as leis de Kasherização é recomendável perguntar ao rabino de sua sinagoga.

Halachot - Procura do Chametz

1) Obrigatoriamente na noite (dia 14 de Nissan) anterior ao seder a casa deve estar toda limpa.

2) Nesta noite, 20 minutos depois do pôr-do-sol, começa-se a procura (Bedikat) do Chametz.

Antes da procura:
  • Não se pode comer pão ou bolo (até 56g é permitido)

  • É permitido comer frutas e verduras em qualquer quantidade

  • 10 minutos antes desses 20 minutos, ou seja, 30 minutos antes de iniciar a procura (Bedika), não se pode trabalhar

3) A procura é obrigatória, inclusive nos automóveis. Após realizar a procura na casa, faz-se no carro. Mesmo se não for utilizar o carro deve-se fazer a procura (caso tenha certeza que não vá utilizá-lo, pode-se vender o Chametz do carro). Toda a venda deve ser feita através de um rabino. A procura no carro pode ser feita com lanterna.

4) A Bedika deve ser feita com uma vela, e não com uma tocha, pois a vela pode procurar em lugares pequenos. Além disso, a vela deve conter apenas um pavio. Caso não haja uma vela pode-se utilizar uma lanterna.

5) Como é feito?

Deve-se espalhar ("esconder") 10 pedaços de pão em lugares diferentes da casa. Geralmente isto é feito pela mulher, que deve escrever os lugares nos quais os escondeu, de modo que não sobre nenhum pela casa. Estes pedaços devem ser embrulhados para não soltar migalhas pela casa. O objetivo disto é poder fazer a Bedika, ou seja, para ter o que achar durante a procura.

Após estes preparativos faz-se a brachá da Bedika:

"Baruch.... al Biur Chametz"

Após esta brachá, só é permitido falar após o Bitul (Anulação), ou seja, nesse intervalo entre Bedika e termino do Bitul, é proibido falar. Só é permitido caso sejam assuntos relacionados à Bedika.

Caso a pessoa possua mais de um imóvel, não é necessário fazer esta brachá diversas vezes, basta fazê-la uma única vez.

Então se inicia a procura com a vela, recolhendo inclusive os 10 pedaços que foram escondidos.

E se não achar um dos pedaços? Não há problema, pois se pode apoiar na anulação do Chametz que será feita posteriormente. Mas a desistência da procura desses pedaços só pode ser feita após uma rígida procura, ou seja, após vasculhar minuciosamente toda a casa.

Após a Bedika, lê-se o texto do Bitul Chametz (Anulação do Chametz):

"Kal hamira..."
"Todo chametz que esta de minha posse, que eu não vi, e que não exterminei, que seja anulado como o pó da terra."

É obrigatório o entendimento deste trecho pelo dono da casa e por todos os participantes.

6) Se há um quarto no qual se guarda chametz, não é necessário fazer bedika sobre este quarto, basta vendê-lo (obrigatoriamente com o rabino).

7) Todo o Chametz que sobrou no dia 14 de Nissan, e que se deseja comer no dia 14 (até o fim da quarta hora do dia, aproximadamente 9:30 da manha), deve ser guardado em local que não se espalhe.

8) No dia 14, deve-se escovar os dentes após comer chametz, de modo que não sobre nenhuma migalha de chametz.

9) Como se faz a Mitzva da queima do Chametz?

Deve-se queimar pedaço por pedaço do Chametz. Mas se mesmo assim sobrar algo deve-se jogar estes restos no vaso sanitário. A queima deve ser feita na quinta hora do dia (aproximadamente as 10:30). E não se esquecer de após queimar, ler o texto do Bitul:

"Kal Hamira..."
"Todo chametz que esta de minha posse, que eu vi, e que eu não vi, que exterminei, e que não exterminei, que seja anulado como o pó da terra."
(Deve-se observar que há diferença entre o texto do Bitul realizado no dia 14 à noite, para o realizado no dia 14 de manhã).

Halachot - Véspera de Pessach

1) É proibido fazer trabalho depois de meio-dia (Hatzot) do dia 14 de Nissan.

Há dois motivos:

Primeiro, pois na época em que o Beit HaMikdash estava construído, era proibido para todas as pessoas de Israel fazer trabalho após o meio-dia (hatzot), pois tinham que realizar o Korban Pessach (naquela época, após a realização de qualquer Korban era proibido trabalhar durante o resto do dia), sendo assim, mesmo que atualmente não possuímos mais o Korban, a proibição de trabalhar permanece.

Segundo, para não prejudicar o preparo da matzá, ou seja, para que não seja feita às pressas. E para ter tempo suficiente para preparar o Seder e para fazer a kasherização dos utensílios.

2) Pode-se fazer qualquer trabalho caso esta seja realizado por um Goy, é permitido falar para um Goy fazer o trabalho, diferentemente do Shabat onde não se pode falar para um Goy fazer algum trabalho.

3) Erev Pessach é considerado como Hol Hamoed, ou seja, ele pode fazer um trabalho caso vá perdê-lo. A todo trabalhador que necessita sustento é permitido trabalhar em Erev Pessach. Nos nossos tempos, é mais leve fazer trabalho Erev Pessach do que em Hol Hamoed.

4) É proibido fazer um trabalho por excelência, como por exemplo, a fabricação de algum novo utensílio, ou costurar roupas novas, seja esse trabalho remunerado ou não. Mas pode-se consertar utensílios, ou seja, somente é proibido a criação, se desejar costurar uma roupa que se rasgou é permitido, mas somente se for utilizá-la no yom tov.

5) Caso for cortar o cabelo ou fazer a barba, é melhor um dia antes do Seder (não se deve deixar para última hora).

6) Caso não tenha cortado no dia anterior, é permitido cortar até Hatzot (meio-dia). Mas se esqueceu de cortar, e já passou Hatzot, é permitido cortar somente se você o faça, ou seja, não é permitido que algum judeu corte para você. No caso de Goy, é permitido que ele corte para você, inclusive pagando.

7) É permitido cortar as unhas mesmo depois de Hatzot, mas é preferível fazê-lo antes.

8) É proibido comer Matzá no dia anterior ao Seder (14 de Nissan). Isto tem como motivo que a pessoa coma a Matzá com apetite.

O Jejum dos Primogênitos

Os primogênitos jejuam na véspera do Seder de Pessach para lembrar do Ness (milagre) que D'us fez com os primogênitos ao salvá-los da décima praga. Costuma-se, em cada sinagoga, fazer um "Sium Massechet" (termino do estudo de uma Guemará), isentando assim os primogênitos de fazer este jejum do dia 14 de Nissan, mas para se isentar é obrigatório que o primogênito presencie o "Sium".

Reza de Pessach

Se acrescenta na Amidá "Yaale vê Yaavo", e depois lê-se o Halel completo (com brachá nos dois primeiros dias e sem nos demais).

O Seder de Pessach

Kadesh: Fazer o Kidush

1) Deve apressar-se ao voltar da Sinagoga para fazer o kidush. Este só pode ser feito após saída das estrelas. No Kidush toma-se o primeiro copo de vinho que deve conter 86ml. Todos devem beber um copo que contenha 86ml de vinho ou suco de uva (caso a pessoa não consiga ou esteja doente é permitido 45ml). É importante que beba o vinho de uma vez só e inclinado para a esquerda.

2) É bom que as crianças descansem durante o dia para que estejam acordadas durante o Seder.

Urchatz: Lavar as mãos como em Netilat Iadaim, mas sem brachá.

Carpás: Salsão (batata, no costume Ashkenazi)

Deve-se comer menos que Kazait (menos que 27 ml), ou seja, apenas uma pequena mordida. Faz-se a brachá de "Bore Pri HaAdama", e depois mergulha-se em água e sal. Ao fazer estar brachá, deve-se pensar também no Maror, ou seja, fazer Kavana para o Maror (Alface Romana).

Iachatz: Pega-se a Matzá do meio (das três que estão na bandeja - Keará) cortando-a no formato de Dalet e Vav. O pedaço maior (o Vav) vai para o Afikoman, e o menor (o Dalet) volta para a Keará, no meio das duas matzot que sobraram. Os Sefaradim costumam com o Afikoman fazer "Misharotam..."

Maguid: contar a história (Hagadá).

1) As mulheres também são obrigadas em contar a saída do Egito.
2) Deve-se contar devagar e com alegria.
3) Antes de começar deve-se encher o segundo copo (86ml).
4) Assim que acabar de contar a história da saída do Egito deve-se beber o segundo copo.
5) É obrigatório que todas as pessoas falem Pessach, Matzá e Maror, caso não falem, não foi feita a obrigação do Seder de Pessach, ou seja, será necessário repetir todo o Seder. Por isso, deve-se orientar aos presentes que não sabem ou não conseguem acompanhar a leitura, que neste momento repitam estas três palavras com todos.

Rochtzá: Lavar as mãos com brachá.

Motzi Matzá:

1) Pega-se as 3 Matzot, fazendo em seguida a brachá de "Hamotzi Lechem Min Haaretz".
2) Solta-se a ultima Matzá, fazendo em seguida a brachá de "Achilat Matzá".
3) Dessas duas que restaram, quebra-se um pedaço, mergulha no sal, e distribui-se para as pessoas.
4) Em seguida, deve-se comer uma Matzá inteira (se a pessoa estiver doente é permitido que coma 2/3). É necessário que se coma a Matzá inclinando-se para a esquerda e em no máximo 7 minutos (se for até 4 minutos é melhor). Caso a pessoa não se incline deverá comê-la novamente.
Obs: da Matzá redonda equivale à medida de uma mão (uma palma, sem o dedão) e meia.

Maror: Alface Romana (ashkenazim costumam comer raiz forte)

1) Deve-se comer Kazait (pode-se comer folhas ou talos).
2) Deve-se mergulhar no Charosset, mas em pouca quantidade de modo que ainda se possa sentir o gosto amargo.
3) Não se inclina ao comer.
4) E não se faz brachá, pois já fizemos Kavana no Carpas, isentando-se assim da brachá referente a Adama, mas devemos fazer a brachá referente ao Maror ("Al Achilat Maror").

Corech: sanduíche de Matza com Maror e Harosset.

Deve-se comer 2/3 da Matzá (da 3a Matzá, que tinha deixado cair) e Kazait de maror, já o charosset pode-se comer a vontade (obrigatório), mas que sinta o gosto dos três. Deve-se inclinar ao comer. E citar o trecho "Zecher La Mikdash" antes de comer.
Obs: Da redonda equivale à medida de uma palma (mas sem considerar o dedão).

Shulchan Orech: jantar

Come-se um ovo para lembrar do Korban, mas antes se recita "Zecher lê Korban Hagiga".

Tzafun:

Após o término do jantar comemos o Afikoman (a parte em forma de Vav), pega-se um pedaço do Afikoman para cada pessoa e se completa com outra Matza até atingir 2/3. Há pessoas que costumam comer uma Matzá inteira.
Não se faz brachá, mas há pessoas que costumam recitar "Zecher lê Korban Pessach" ao comer o Afikoman.
Deve-se comer o Afikoman com vontade, por isso, não é bom comer muito no Shulchan Orech (jantar).
É obrigatório se inclinar para a esquerda ao comer.
Obs: Da redonda equivale a medida de uma palma (sem o dedão).

Barech:

1) Lava-se as mãos para o Maim Acharonim.
2) Enche-se o terceiro copo e faz o Bircat Hamazon.
3) Não se pode esquecer de falar o "Yaale vê Yaavo", se esquecer de falar deve-se repetir o Bircat Hamazon.
4) Depois do Bircat Hamazon, faz-se a brachá de "Bore Pri Haguefen" e toma-se o terceiro copo, ao fazer a brachá deve-se fazer Kavana para o quarto copo. Não esquecer que deve-se tomar inclinado para a esquerda.

Halel:

1) Enche-se o quarto copo e se recita o Halel.
2) Deve-se recitar com alegria.
3) Deve-se tomar cuidado, pois deve-se terminar antes de Hatzot (aproximadamente meia-noite).
4) Ao final toma-se o quarto e último copo (inclinado para a esquerda).
Obs: Os Ashkenazim recitam a brachá de "Bore Pri Haguefen".

Nirtzá:

"O seder realizado de acordo com as tradições judaicas é certamente um evento inesquecível e será aceito de boa vontade por Hashem, abençoado seja. Seus participantes terão o mérito de viver longos, agradáveis e bons anos."
(Retirado da Hagada de Pessach da Congregação Mekor Haim)

Costuma-se contar e fazer votos de:

"No ano que vem em Jerusalém!"
"LeShana Habaa Be Yerushalaim Habnuia!"

Medidas:

Como se deve medir para a Matza redonda:

Motzi Matzá = 1 palma e meia
Corech = 1 palma
Afikoman = 1 palma

Entenda por palma, uma mão aberta, mas sem o dedão.

Da Matzá quadrada:

Motsi Matzá = 1 Matzá inteira
Corech = 2/3 de uma Matzá
Afikoman = 2/3 de uma Matzá

Autor: Rav. Jonathan Sisro
Fonte: Rav. Jonathan Sisro (Mekhor Chaim)