webJudaica.Com.Br
Seu portal Judaico na Internet
25/Apr/2017
Nissan 29, 5777

Sign in with Facebook

Festas Judaicas (Chaguim)

Iom HaAtzmaut

A Terra de Israel

Israel, a terra da Bíblia e a pátria histórica do Povo Judeu, situa-se no Oriente Médio, ao longo da costa Oriental do Mar Mediterrâneo, formando uma ponte terrestre que liga três continentes: Ásia, África e Europa. Foi nesta terra que, há cerca de 4.000 anos atrás, o Povo Judeu começou a desenvolver sua religião e cultura distintas e nela esteve sempre fisicamente presente, quer como um estado soberano, durante vários séculos, ou sob domínio estrangeiro, em outras épocas.

Com seu formato longo e estreito, o país tem cerca de 470 km de comprimento de norte a sul e mede cerca de 135 km em seu ponto mais largo, entre o Mar Morto e a costa do Mediterrâneo. Israel se limita com o Líbano ao norte, com a Síria a nordeste, com a Jordânia a leste, com o Egito a sudoeste e com o Mar Mediterrâneo a Oeste.

Apesar de seu pequeno tamanho, Israel apresenta uma variedade de características topográficas e climáticas dignas de um continente. Ao norte, as montanhas da Galiléia, cobertas de florestas, se fundem com férteis e verdes vales; dunas de areia e campos cultivados marcam a planície costeira que se estende à margem do Mediterrâneo; no centro do país elevam-se as montanhas da Samária e Judéia, com seus picos rochosos, que descem depois abruptamente até chegar ao vale do Rio Jordão, de clima sub-tropical, e ao Mar Morto, o ponto mais baixo da Terra. Ao sul, desertos montanhosos se estendem do Neguev à Aravá, e terminam no Golfo de Eilat, o ponto mais setentrional do Mar Vermelho.

O clima temperado do país se caracteriza por ser muito ensolarado, com uma estação chuvosa entre novembro e abril. A precipitação média anual oscila entre 50-125 cm ao norte a menos de 2,5 cm no extremo sul. As condições climáticas variam consideravelmente nas diferentes regiões: verões quentes e úmidos e invernos chuvosos e moderados na planície costeira; verões secos e agradáveis, invernos moderadamente frios com chuva e às vezes neve, nas regiões montanhosas; verões quentes e secos e invernos amenos no vale do Jordão; e no deserto, ao sul, durante todo o ano, as condições características do clima semi-árido: dias muito quentes e noites frias.

Por causa da escassez de água, Israel se esforça por aproveitar ao máximo os recursos disponíveis e por encontrar novas fontes de abastecimento. Na década de 60, as fontes de água potável do país foram reunidas num sistema nacional integrado, cuja artéria principal, o Conduto Nacional, traz água do norte e do centro do país até o sul semi-árido, através de uma rede de estações de bombeamento, gigantescos reservatórios, tubulação, canais abertos, túneis e represas. Entre os programas em desenvolvimento, cuja finalidade é ampliar o potencial hidráulico de Israel, podemos citar chuvas artificiais, reciclagem de águas de esgoto e dessalinização da água do mar.

A rica variedade da flora e da fauna de Israel é conseqüência de sua localização geográfica e da diversidade climática e topográfica. Mais de 380 espécies de pássaros, 70 de mamíferos e 80 de répteis, e cerca de 3.000 espécies de vegetais (das quais 150 são nativas) são encontradas em seu território. Umas 150 reservas naturais, num total de quase 3.500 km2, já foram estabelecidas no país, e centenas de outros locais estão em fase de planejamento.
1 2 3 4 5
Somente usuários logados podem avaliar os textos

Indique para um amigo!
Para continuar vendo o conteúdo deste site, você deve estar logado!
Utilize sua conta no Facebook ou feche esta janela.
Sign in with Facebook [Fechar]